Autonomia

Você é princesa que não necessita de coroa. Você é flor sem precisar que te ofereçam buquês. Você é amor por inteiro, então não aceite migalhas disfarçadas de declarações. Não aceite palavras bonitas sem as devidas atitudes. Não se faça inferior para agradar alguém. Seja apenas você! A pessoa que você merece vai aceitá-la como … Continue lendo Autonomia

Tinta e poesia

Tenho sido tinta e poesia. Papel rabiscado com versos traçados de agonia. Tenho respirado com dificuldade. O coração também já não bate como antes. Não sei se é a dor lancinante que nomeiam de saudade, não sei se é o desespero latente de não saber o que é verdade. Já não creio em meus olhos. … Continue lendo Tinta e poesia

Flor no solo espinhento

Talvez a solidão resulte do autoisolamento. Das tardes perdidas no quarto enfatizando o sofrimento. Das noites sem contemplar o céu com inúmeros pensamentos. Esquecendo-se do principal: Nenhum desalento pode ser maior do que o intento de ser flor no solo bom ou espinhento. Por: Raquel Dantas Pluma

Despertar

Você acreditou que era feliz Quando, na verdade, ofereciam-te tão pouco; Quando colocavam enes prioridades na sua frente, desculpas atrás de desculpas e vacilos múltiplos; Você confiou nesse amor louco que apenas brotou dentro do seu coração. Você se rebaixou, parecia até perdido a noção. Tremenda confusão! Não sabia como agir, como se libertar. Olhava … Continue lendo Despertar